"WILD TIGERS"BRAZILIAN
Plaque: [WILD] Web: Site officiel Fans: 60 Créé: 01-10-2012
Fondateur
Chef
Chef
Chef
Chef
Chef
Chef
Chef

Présentation de la section

̿' ̿'\̵͇̿̿\з=(•̪●)=ε/̵͇̿̿/'̿'̿ ̿
INFORMACOES :
**********************

Nome: "WILD TIGERS" BR. (TIGRES SELVAGENS)

Fundado: SETEMBRO de 2012
site:http://wild-tigers.wix.com/brazil
Email: wild-tigers@live.com.pt
Server Oficial: WILD TIGERS BRAZILIAN

" WILD TIGERS " Brasil, foi criado no intuito de reunir jogadores de BF3 do console PS3.
intenção é reunir pessoas que gostam de jogar em equipe, utilizando estratégia de forma organizada e acima de tudo fazer amigos......
objetivo e que torne um clã formado por amigos que tem como interesse formar mais amigos para jogar juntos todos os dias de forma honesta com treinos e dedicação e ser justo para todos os jogadores da sala.

QUALIDADES NECESSÁRIAS PARA ENTRAR PARA

Regras Gerais do Clan! - Por favor leia!!!

Para se alistar ao "WILD TIGERS" BRAZILIAN, 4 REGRAS BÁSICAS. / To enlist the "WILD TIGERS" BRAZILIAN, 4 BASIC RULES.

1º- Idade mínima para se divertir. / Minimum age for fun.
2º Respeitar todos os jogadores, independente se ele faz parte ou não do clã. / Respect all players, regardless of whether or not it is part of the clan.
3º A nossa intenção é reunir pessoas que gostam de jogar em equipe, e se divertir ao máximo. / Our intention is to bring together people who like to play as a team, and enjoy themselves to the fullest.
4º.Pense sempre na diversão. / Think always on fun

As garras são meus olhos,
Esses que eram de qualquer outro,
E na ousadia de minha madrugada
Os instalei de súbito em meu corpo.
Olhos renascidos de não morrer
Onde a morte lhes visita a gravidade.
Tigres de vôos não vistos,
Não há como ver a altura do imprevisto;
Nem como fugir a fuga dos que tem sina;
Nem como ser luz do que perdeu a vista,
Sem ser brilhar e entorpecer.
Os designados nunca são inteiros
Carregam em seus passos, pés dilacerados:
As pernas e os fatos e as dores.
Se persigo veloz tudo que quero:
O fel tenho do não ter e das vontades;
Se passeio ronda a fera como fera,
A vontade que era grande me dilacera.
Sedento da fonte que não seca,
Faminto nas raízes da terra.
Quebro a armadilha do labirinto:
Inimigo do transitar das presas,
A prisão do desejo me encarcera.
Os gemidos solitários do secar das ervas:
São explosões inimagináveis do que se queima,
Fogo: angústia nas garras – olhos,
Captura a dor e a corrida do que vejo.
Quebro nesta tarde com meu correr de tigre:
O braço da sina que me abraça.
Deixem-me por entre flores negras,
Por entre minhas não suavidades:
O tigre que sou – Só garras.
O homem que sou – Só olhos.
Não chamarei de tristes as afiadas unhas,
Nem de solitárias as vítimas da caçada.
WILD TIGERS BRAZILIAN
TIGRES SELVAGENS BRAZILEIROS
 

Feed section